VER2010 - 2º Seminário Veículos Elétricos & Rede Elétrica acontece em novembro

Segunda edição do Seminário de Veículos Elétricos e Rede Elétrica será na Associação Comercial do Rio de Janeiro em 18 de novembro.

A ampla difusão da mobilidade individual motorizada a partir do início do século XX até os dias atuais e o desenvolvimento urbano ensejado pela mobilidade e adaptado a ela tornaram não apenas o veículo individual, mas também o de transporte coletivo e de cargas um elemento essencial para o funcionamento das sociedades modernas.

Entretanto, os problemas ambientais decorrentes do crescente consumo de combustíveis, principalmente os fósseis colocam em xeque a viabilidade da manutenção e, sobretudo, da expansão da mobilidade sobre pneus nas bases tecnológicas tradicionais, acionada por motores de combustão interna. O acionamento elétrico, pela sua elevada eficiência e redução de emissões constitui a forma mais efetiva de se viabilizar o potencial de aumento do número de veículos, principalmente dos países em desenvolvimento, e preservar a mobilidade da maioria das sociedades contemporâneas, a qual dificilmente poderá ser baseada apenas nos transportes de massa, já eletrificados.

Nas últimas décadas ocorreram, e estão na iminência de ocorrer mudanças importantes, decorrentes de uma nova visão do quadro energético mundial, dos avanços tecnológicos dos sistemas de geração e controle de menor porte e de novas formas de uso de energia pelo consumidor.

O Veículo Elétrico (VE) se destaca como um novo ator, tanto para o setor de transporte quanto para o setor de energia elétrica, que deve ter papel decisivo nas transformações e impactos que acarretará nos próximos anos. Esta tendência tem reflexos mundiais, destacando-se as iniciativas nos Estados Unidos, na Europa, na China e no Japão que apresentam uma aceleração, nos últimos doze meses, da penetração dos diferentes tipos de veículos elétricos: híbridos e plug-in; leves e pesados; transporte individual e transporte de massa.

A disseminação de veículos elétricos dotados de bateria, contando ou não com geração embarcada, denominado veículo elétrico híbrido, se constitui em elemento chave desses impactos, traduzindo-se em maiores desafios para as empresas distribuidoras de energia elétrica. O VE pode assumir o duplo papel de consumidor e gerador para o sistema elétrico, mudando o relacionamento tradicional empresa-cliente e apresentando um novo conjunto de requisitos a ser atendido pelas distribuidoras.

Objetivo do Seminário

Nesta segunda edição do seminário serão discutidos o cenário de penetração dos veículos elétricos no Brasil, as necessidades de interação com a rede de energia elétrica, os principais condicionantes institucionais dessa interação e sua influência no futuro papel das empresas distribuidoras de energia elétrica.

Outros pontos que se destacam na avaliação da integração dos veículos elétricos com a rede elétrica são:

  • A interação do veículo elétrico com seu fornecedor de energia é bem mais complexa do que a do veículo convencional com a rede de fornecedores do combustível que o aciona.

  • Serão necessários reforços em diversos pontos das redes de distribuição, além de milhares de pontos de conexão, junto às residências e outros locais de estacionamento.

  • Pontos de recarga rápida e/ou troca de baterias também poderão ser previstos e implantados.

  • Os procedimentos de conexão dos veículos à rede elétrica, de medição e cobrança do fornecimento, bem como a padronização de seus conectores deverão se estabelecidos de modo a permitir que um carro possa ser abastecido em qualquer localidade do país.

  • Será importante explorar a interação controlada entre as baterias e as redes elétricas. Enquanto o VE estiver ligado à rede, também poderá ceder energia de sua bateria para contribuir para a melhoria do serviço de eletricidade prestado pela concessionária local.


  • Público alvo

    Profissionais das empresas de energia elétrica e de empresas de desenvolvimento e fabricação de veículos elétricos, agentes reguladores dos setores de energia elétrica e de transporte, planejadores urbanos, projetistas e consultores de rede elétrica, investidores e analistas financeiros dos setores de energia elétrica e de transporte.

    Local e data

    Auditório da ACRJ
    Rua da Candelária, 9 – 12º andar
    Rio de Janeiro – RJ
    18 de novembro de 2010, 8:00h às 18:00h

    Inscrição

    As inscrições poderão ser feitas no site do evento que será anunciado em breve.
    Preço: R$ 650,00 até 31/10/2010
    R$ 700,00 após 31/10/2010

    Informações

    O programa e outras informações importantes estarão disponíveis no site do evento que será anunciado em breve.

    Organização

    ABVE – Associação Brasileira do Veículo Elétrico – www.abve.org.br
    INEE – Instituto Nacional de Eficiência Energética – www.inee.org.br

    Fonte: INEE e ABVE
    21/09/2010


    [Fonte: INEE]


    Leia também

    Pietro Erber, do INEE: Questões do Modelo do Setor Elétrico

    O setor elétrico brasileiro enfrenta uma crise grave e complexa. Tal qual no início dos anos 1990, observa-se perda de remuneração em muitas empresas, contestação de cobranças pelo suprimento de...
    Leia mais...

    Lançamento do Portal Brasileiro de Indicadores de Eficiência Energética - PBIEE

    O evento será realizado no dia 18 de junho de 2019 na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), em Campinas, São Paulo. Organizado e promovido pela International Energy Initiative - IEI Brasi...
    Leia mais...

    Jayme Buarque, do INEE: Por um uso mais verde do etanol

    Quando o preço do petróleo quadruplicou no início do século, a demanda por carros a etanol aumentou muito no Brasil, pois o combustível renovável ficou bem mais competitivo que a gasolina. <...
    Leia mais...

    INEE divulga o Relatório de Atividades de 2018

    Em 2018, o INEE continuou a desenvolver suas atividades através das ações resumidas em seu Relatório abaixo. Desde que foi criado, foi o primeiro ano em que não organizou um evento para discutir...
    Leia mais...

    Pietro Erber, do INEE: Renda Hidrelétrica

    Usinas hidrelétricas têm, normalmente, vida útil bem mais longa do que o período necessário para a amortização do investimento realizado. Após esse período, os custos da energia gerada compreend...
    Leia mais...

    Pietro Erber, do INEE: Considerações sobre o Novo Modelo do Setor Elétrico

    O adiamento da alienação do controle acionário da União na Eletrobrás apresenta ao Governo a oportunidade de concentrar sua atenção na definição do modelo do setor elétrico, no qual o papel dess...
    Leia mais...

    Osório, Saudades

    Osório de Brito faleceu no dia 15 de maio, com 79 anos. Engenheiro eletricista formado pela Escola Nacional de Engenharia da Universidade do Brasil, pós-graduado em engenharia econômica pela UFR...
    Leia mais...

    Eletrobras: Chamada Pública Procel/Edifica

    A Eletrobras convida para a Chamada Pública Procel/Edifica, divulgando a seguinte mensagem:
    "Disseminar a eficiência energética em edificações brasileiras é uma tarefa que compete a todos nó...
    Leia mais...

    INEE divulga o Relatório de Atividades de 2017

    Em 2017, o INEE organizou, realizou e participou de seminários, realizou trabalhos de consultoria, publicou artigos e divulgou informações através de seus sites: www.inee.org.br, voltado para a ...
    Leia mais...

    Pietro Erber, do INEE: Reflorestamento e Geração Elétrica

    Pelo Acordo de Paris, firmado em 2015, o Brasil se comprometeu a desempenhar relevante papel na contenção do aquecimento global. Dentre os compromissos assumidos e previstos para serem implemen...
    Leia mais...

    Isabela Cardoso, do IPOG: Projeto Luminotécnico e Iluminação Eficiente no Setor Supermercadista

    Trata-se de uma pesquisa sobre projeto luminotécnico aplicado em comércio varejista de alimentos, com enfoque no segmento de auto-serviço – supermercados no contexto atual brasileiro. Como atrav...
    Leia mais...

    INEE: Substituindo Diesel por Etanol, um resumo do IV Seminário sobre Uso Eficiente do Etanol

    O INEE realizou a quarta edição do seminário, em 25 de outubro de 2017, no Centro Tecnológico da Mahle, em Jundiaí, onde ocorreu ampla e construtiva discussão sobre a substituição do óleo diesel...
    Leia mais...

    Palestras do IV Seminário sobre Uso Eficiente do Etanol

    A quarta edição do Seminário aconteceu no dia 25 de outubro em Jundiaí, São Paulo, no Tech Center da Mahle, organizado pelo INEE, com o patrocínio da Mahle e da Copersucar.

    O uso eficien...
    Leia mais...

    INEE: Descarbonizando o Setor Energético Brasileiro

    O texto a seguir foi preparado pelo INEE para o ICS - Instituto Clima e Sociedade – ICS, como um documento de suporte para uma reunião com o projeto AGORA para discutir alternativas para minimiz...
    Leia mais...

    Pietro Erber, do INEE: MP 579, um desastre e duas questões

    Muito tem sido comentado a respeito das consequências deletérias da MP 579, convertida na Lei 12783. No entanto, apesar do que representou para o setor elétrico e para o país, pouco ou nada se p...
    Leia mais...

    Newsletter Fale Conosco